Hospital Regional do Baixo Amazonas mantém certificação e segue entre os melhores do País

 

[09/05/2022] O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, unidade referência no enfrentando da Covid-19, passou por nova avaliação e conquistou a manutenção da maior certificação nacional, que atesta segurança e qualidade nos atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), a ONA 3 Acreditado com Excelência.

Pertencente ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela Pró-Saúde desde 2008, o HRBA busca constantemente aprimorar sua maturidade organizacional por meio de ciclos de melhoria contínua agregando valor no atendimento proporcionado aos usuários do SUS.

Referência para uma população estimada em 1,4 milhão de pessoas residentes em 30 municípios, a unidade faz parte, desde 2015, de um seleto grupo no Brasil. Na época, o Regional se tornou o primeiro hospital público da região Norte a obter a avaliação máxima, que já é renovada há sete anos consecutivos.

Concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), o título é conferido ao hospital após avaliação de minuciosos processos internos que estimulam a melhoria contínua. A certificação tem como principal objetivo fortalecer a segurança e a qualidade dos serviços prestados em benefício dos pacientes.

A avaliação de manutenção nível 3 no HRBA foi realizada nos dias 6 e 7 de abril, pelo Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde (IBES), instituição acreditadora credenciada à ONA.

Ao todo, foram auditadas 24 áreas e 923 itens internos do hospital, que confirmaram novamente a acreditação de Excelência. Com o título, o Hospital Regional do Baixo Amazonas permanece entre as melhores unidades de saúde do país.

 

 

Embora o HRBA tenha enfrentado grandes desafios, principalmente no tratamento de pacientes infectados com a Covid 19, muitos pontos fortes foram enfatizados pela equipe de avaliadores do IBES.

Entre as iniciativas destacadas estão a preocupação da unidade em construir e divulgar de forma ilustrativa o seu Planejamento Estratégico; a Classe Hospitalar, que garante educação aos pacientes moradores; o programa de desospitalização e farmacoeconcomia; o engajamento das lideranças e avaliação de desempenho setorial, dentre outros.

“A responsabilidade ambiental foi um item que superou as expectativas da equipe de avaliadores, pois ficou evidenciada a preocupação da unidade com o meio ambiente e com a população de maneira geral”, destaca a gerente do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente do HRBA, Deusilene Pontes.

O diretor Hospitalar, Hebert Moreschi, destaca como um hospital com a certificação ONA 3 impacta na assistência em saúde à população.

“Através deste título, garantimos de forma efetiva, segurança, qualidade e excelência no atendimento em saúde dispensado à população, o que sem dúvida contribui com o bem-estar e a satisfação de todos os pacientes”, enfatiza do diretor.

Segundo ele, passar por essa avaliação, “nos motiva todos os dias a avançar e melhorar cada vez mais nossos serviços, primando sempre pela resolutividade dos casos dos nossos usuários”.

 

 

Projetos de destaque

Por meio do projeto “Redução da Geração de Resíduos Quimioterápicos”, o HRBA foi a única unidade de saúde do Norte do Brasil a integrar a edição 2020 do Relatório “Hospitais que Curam o Planeta”, promovido pela organização não governamental internacional Salud Sin Daño (Saúde Sem Dano) e divulgado no início de 2021.

A unidade também conquistou em 2021, o 1º lugar no 4º Seminário Internacional de Segurança do Paciente e Acreditação em Saúde, ao apresentar o trabalho que reduziu em mais de 50% a incidência de Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica (PAV).

Atendimentos em 2021

Reconhecido entre os melhores hospitais públicos do Brasil e referência em áreas como oncologia, neurocirurgia e ortopedia, o HRBA realizou 1,1 milhão de atendimentos em 2021, entre internações, cirurgias, consultas, exames, urgência e emergência, com destaque para cinco transplantes de rins e três captações de múltiplos órgãos, que evidenciam o importante papel da unidade para todo o Estado do Pará.

A qualidade no atendimento é confirmada pelos usuários, por meio da pesquisa de satisfação da unidade, que em 2021, alcançou um índice geral de 98,8% de aprovação.

O Regional do Baixo Amazonas é um hospital modelo no Norte do Brasil para o tratamento contra o câncer, ensino e pesquisa, sendo credenciado pelos Ministérios da Saúde e da Educação, como Hospital de Ensino.