Hospital Regional do Baixo Amazonas realiza projeto “Cantando o Amor” para mulheres

 

[08/03/2022] – Ação envolveu pacientes e acompanhantes presentes na unidade nesta terça-feira (8/3), Dia Internacional da Mulher

A equipe multiprofissional do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, levou até os pacientes e acompanhantes das Clínicas Oncológica e Pediátrica muita música, por meio do projeto “Cantando o Amor”. A atividade ocorreu na manhã desta terça-feira (8/3), em alusão ao Dia Internacional da Mulher.

Um painel colorido foi montado artesanalmente pelos colaboradores do setor, e o coral, formado por profissionais da unidade, levou mensagens de esperança e otimismo por meio da música, para pacientes e acompanhantes.

Natural de Oriximiná, Rosenilda Pinheiro, de 41 anos, está no hospital acompanhando sua filha Joene Pinheiro, de quatro anos, que passou por um procedimento cirúrgico na bexiga.

“É motivo de alegria receber essa homenagem e comemorar este dia. Para nós que estamos na luta sempre, todo dia é nosso dia, mas hoje é especial”, contou Rosenilda.

“Não esperava porque estamos dentro de um hospital, fiquei surpresa. Venho lutando desde nascimento dela [filha] e é cansativo. Poder quebrar essa rotina é muito gratificante”, elogiou a mãe.

O setor de quimioterapia do HRBA também realizou a entrega de lembrancinhas às pacientes oncológicas e confeccionou um mural com diversas características que representam as pacientes que enfrentam o câncer, entre elas: corajosa, virtuosa, sábia, guerreira, preciosa e forte.

No refeitório da unidade foi servido um almoço especial, com a entrega de chocolates e músicas que demonstram a força das mulheres.

 

 

Presença Feminina

A presença feminina no HRBA acompanha os dados gerais da administração da Pró-Saúde em nove estados do Brasil, onde sete em cada dez profissionais da instituição são mulheres.

O HRBA é uma unidade pertencente ao Governo do Pará e conta atualmente com um total de 1.458 colaboradores, sendo que 71% são mulheres. De um total de 57 gestores, 39 são mulheres (68%), distribuídas em cargos de direção, gerência, supervisão, coordenação, encarregadas, entre outras.

“Esses dados refletem os valores e a missão do Governo e da Pró-Saúde em garantir uma assistência humanizada, praticando a inclusão e a igualdade de gêneros”, ressaltou a diretora Assistencial, Camila Barral.

Atendendo a uma população estimada em 1,3 milhão de pessoas, de 30 municípios, o HRBA presta serviço 100% referenciado, atendendo a demanda originária da Central de Regulação do Estado, sendo referência no Norte do Brasil.

Desde 2008, quando a Pró-Saúde assumiu a gestão do hospital, já foram realizados um total 9,5 milhões de atendimentos.

O HRBA está entre os melhores hospitais públicos do Brasil, e possui a certificação ONA 3 Acreditado com Excelência. “Cada resultado positivo se deve ao trabalho executado por nós mulheres. Nossa valorização e reconhecimento a todas as mulheres que atuam no HRBA”, complementa a diretora.