Com “Espaço da Gratidão”, Hospital Regional do Baixo Amazonas registra momentos de superação ao câncer

(11/06/2021) – Nesta sexta-feira, 11/6, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), no Oeste do Pará, inaugurou o “Espaço da Gratidão”. O local, integrado ao “Sino da Vitória”, promove um momento de celebração aos pacientes que superaram o câncer.

Agora, com o espaço, o objetivo é tornar o projeto mais acolhedor e humanizado. A iniciativa faz parte da equipe de Radioterapia do HRBA, unidade do Governo do Pará e gerenciada pela entidade filantrópica Pró-Saúde.

O Sino da Vitória existe no HRBA desde 2019, como parte das ações de humanização do hospital e que anuncia quando um paciente finaliza o tratamento oncológico.

Além de demonstrar a conquista e recuperação da doença, ao tocar o sino o paciente também promove a esperança pelo recomeço de uma vida. Ao todo, 429 pacientes já tocaram o sino no HRBA até o momento.

“Por meio do Espaço da Gratidão queremos proporcionar carinho, amor e acolhimento. Esse local é uma homenagem aos pacientes e um agradecimento por terem dividido sua jornada com toda a equipe”, comenta Patrícia Mineiro, radioterapeuta e responsável Técnica pelo setor de Radioterapia do HRBA.

Para Wanderlúcia Ramos Ruiz, de 59 anos, primeira paciente a tocar o sino no “Espaço da Gratidão”, concluir as sessões de radioterapia, após mais de um ano em tratamento, foi uma grande vitória. Ela lutava contra um câncer de mama.

“Eu venci! Descobri o câncer em junho de 2019, em dezembro iniciei o tratamento com quimioterapia, retirei a mama totalmente e hoje finalizo minhas 28 sessões de radioterapia. É uma benção, é a maior felicidade que a gente pode alcançar”, disse.

Wanderlúcia seguirá recebendo acompanhamento por meio do ambulatório oncológico do HRBA, com a realização de exames periodicamente. O registro fotográfico do momento que o sino é tocado é feito por um profissional do hospital e, posteriormente, enviado ao paciente.

Patrícia Mineiro explica que a radioterapia é um dos últimos tratamentos a serem executados na trajetória de tratamento dos pacientes com câncer. Ela acrescenta que “cerca de 50% a 70% dos pacientes oncológicos irão precisar de radioterapia em algum momento do tratamento oncológico”.

Referência em oncologia no Norte do Brasil, o Hospital Regional do Baixo Amazonas atua no atendimento de média e alta complexidades para 30 municípios no Pará, de forma 100% gratuita pelo SUS (Sistema Único de Saúde)

“Através desse espaço, demonstramos o interesse de toda equipe multiprofissional do HRBA em alcançar a cura junto com cada paciente. É a esperança de terminar o tratamento e obter o sucesso esperado”, reforçou Marcos Fortes, cirurgião oncologista e chefe do Serviço de Oncologia do hospital.

Na região Amazônica, o HRBA foi o primeiro hospital a obter o certificado da Organização Nacional de Acreditação com o nível máximo de qualidade, a ONA 3 – Acreditado com Excelência, sendo reconhecido como um dos dez melhores hospitais públicos do Brasil.

“Essa é a missão do Governo do Pará e da Pró-Saúde, prestar uma assistência resolutiva, segura e acima de tudo humanizada, trazendo o paciente para o centro do cuidado, fazendo ele se sentir importante. Aqui temos pessoas cuidando de pessoas e esse é nosso bem maior”, afirma o diretor Administrativo e Financeiro, Bruno Rezende.

O “Espaço da Gratidão” também é uma homenagem à precursora do serviço de Radioterapia do HRBA, a médica Izabel Fernandes Campos, vítima da Covid-19, em Belém.