Hospital Regional de Santarém atende mais de 450 pessoas em ação no Mercadão 2000

(14/03/2019) Profissionais do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), realizaram uma grande ação na área do Mercadão 2000 em alusão ao Dia Mundial do Rim, celebrado na quinta-feira, 14 de março. Ao todo, mais de 400 pessoas foram beneficiadas com consultas médicas, aferições de pressão arterial, testes de glicemia, verificações do índice de massa corporal (IMC) e orientações sobre vida saudável e doações de órgãos e tecidos.

O pintor Edson Augusto da Silva, de 59 anos, foi um dos atendidos durante a ação. “Estava comprando na feira e aproveitei para fazer uma avaliação. Achei a iniciativa muito boa, porque dificilmente eu procuro um médico. Eu estou com a saúde boa, jogo bola todo dia, ando de bicicleta, mas a enfermeira me falou da importância de ir ao médico e cuidar da saúde”, conta.

Para o feirante Itacy Pereira da Silva, de 58 anos, essa também foi uma oportunidade para consultar um médico. “A ação foi muito boa, realizei algumas avaliações e até fiquei sabendo que a minha pressão está alta. A partir de agora vou cuidar disso. Ainda bem que aconteceu essa programação”, agradeceu.

O nefrologista do HRBA, Emanuel Esposito, alerta a população sobre a importância da adoção de hábitos saudáveis para a prevenção de doenças renais. “O rim é o termômetro da nossa saúde. Se o rim não vai bem, a saúde não vai bem. E as principais causas que levam à doença renal terminal são, em quase 70%, diabetes e hipertensão. Todo esse percentual poderia ser evitado. O que acontece é que as pessoas não se cuidam. Não aprendemos a ter hábitos saudáveis, a nos alimentar corretamente e a praticar atividades físicas. Tomar água não é a única saída”, explica o nefrologista.

O evento fez parte do Dia Mundial do Rim. No Brasil, a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) abordou o tema: Saúde dos Rins Para Todos. “Quando há problema, a função renal não apresenta um único sinal ou um único sintoma. Pode apresentar anemia, edema na face ou nas pernas, falta de apetite, cansaço em pequenos esforços… é importante ingerir bastante líquido, cuidar da alimentação e realizar checkups regulares, principalmente as pessoas que fazem parte do grupo de risco (diabéticos e hipertensos)”, alerta a enfermeira Solange Quadros.

O HRBA realiza um trabalho permanente de informação e promoção à saúde. Atualmente, 197 pacientes realizam hemodiálise na unidade e 31 fazem diálise peritoneal. O hospital já realizou 37 transplantes de rins. O Hospital Regional de Santarém é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A Unidade atende uma população estimada em mais de 1,1 milhão de pessoas, residentes em 21 municípios do Oeste do Pará.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma das maiores entidades de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Fundada em 1967, como Associação Monlevade de Serviços Sociais, em João Monlevade (MG), a Pró-Saúde é uma instituição filantrópica sem fins lucrativos. Tem sob sua responsabilidade 2.068 leitos e o trabalho de cerca de 16 mil profissionais, sendo 2,9 mil médicos, além de reunir um dos maiores quadros de administradores hospitalares do Brasil, contribuindo para a humanização do atendimento hospitalar, em especial do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com excelência técnica e credibilidade nacional, é uma entidade qualificada como Organização Social de Saúde (OSS) que oferece uma gama de serviços em benefício da vida. A atuação na área de administração hospitalar tornou a entidade amplamente reconhecida no setor, permitindo que a Pró-Saúde ofereça a mesma qualidade em assessoria e consultoria, planejamento estratégico, capacitação profissional, diagnósticos hospitalares e de saúde pública, gestão de serviços de ensino e muitos outros.