Quer ser voluntário do Hospital Regional de Santarém? Saiba como participar.

(30/10/2018) A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, gestora do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), conta com o apoio de diversos grupos de voluntários para tornar o ambiente hospitalar mais humanizado, acolhedor e propício à recuperação dos pacientes, que passam diariamente por tratamento nas unidades geridas pela entidade.

Para garantir o reconhecimento desse trabalho e fortalecer sua atuação, a Pró-Saúde criou o Programa de Voluntariado, que possui diretrizes específicas baseadas na Lei do Voluntariado, de 18/2/1998.

Como pa:rticipar

Você pode ser um (a) agente solidário (a) na comunidade. E, como voluntário (a), compartilhar e ouvir histórias. Você pode aliviar dores com sorrisos, carinho e amor. Sua participação garante a solução de problemas que só se resolvem de maneira coletiva, sendo essencial o compromisso e entusiasmo em participar.

O Hospital já abriu seleção para os voluntários que atuarão em 2019. Quem deseja participar do Programa deve ter a partir de 20 anos. Para participar, é fácil. Basta fazer sua pré-inscrição no site do HRBA (hrba.org.br/voluntariado), preenchendo o formulário. O Grupo de Trabalho em Humanização da Unidade entrará em contato com você o mais breve possível.

Para ingressar no Programa, é necessário apresentar documento original com foto, CPF, comprovante de residência, carteira de vacinação em dia e currículo. Também é necessário assinar o Termo de Adesão. Após ser aprovado na seleção, você participará de um treinamento sobre o funcionamento o Programa de Voluntariado, além de ser orientado (a) sobre as normas do HRBA.

Atribuições do voluntariado

A atuação deve ser respeitada de acordo com o local e orientação do coordenador, sendo realizada individualmente ou em grupo para beneficiar outras pessoas. Você pode atuar como Contador (a) de Histórias, Apoio à Brinquedoteca, Interação Musical, Oficinas, Animadores e Palhaços, Cuidados com Beleza e Higiene, Visita Religiosa, Eventos, Ações e Campanhas.

Para mais informações, consulte o Manual do Voluntariado da Pró-Saúde (https://issuu.com/noticiashospitalares/docs/manual_do_voluntariado_8b78267fdeeffe).

Sobre o HRBA

O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) atende casos de média e alta complexidades e presta serviço 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS). No Norte do País, o hospital avança em serviços de saúde, com a implantação de programas de transplantes renais, cirurgias cardíacas e a consolidação do tratamento oncológico. A unidade atende uma população estimada em mais de 1,1 milhão de pessoas, residentes em 21 municípios do Oeste do Pará.

No Norte do Brasil, foi o primeiro hospital público a obter o certificado máximo de qualidade, a ONA 3 – Acreditado com Excelência, concedido mediante o cumprimento das melhores práticas hospitalares e de qualidade assistencial.
O HRBA também se tornou o primeiro hospital público do Brasil a obter o selo “Materiality Disclosures”, emitido pela Global Reporting Initiative (GRI).

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma das maiores entidades de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Fundada em 1967, como Associação Monlevade de Serviços Sociais, em João Monlevade (MG), a Pró-Saúde é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos. Tem sob sua responsabilidade 2.500 leitos e o trabalho de cerca de 16 mil profissionais, sendo 2,9 mil médicos, além de reunir um dos maiores quadros de administradores hospitalares do Brasil, contribuindo para a humanização do atendimento hospitalar, em especial do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com excelência técnica e credibilidade nacional, é uma entidade qualificada como Organização Social de Saúde (OSS) que oferece uma gama de serviços em benefício da vida. A atuação na área de administração hospitalar tornou a entidade amplamente reconhecida no setor, permitindo que a Pró-Saúde ofereça a mesma qualidade em assessoria e consultoria, planejamento estratégico, capacitação profissional, diagnósticos hospitalares e de saúde pública, gestão de serviços de ensino e muitos outros. A entidade faz a gestão de quatro Centros de Educação Infantil, em São Paulo, cidade em que também fica localizada a sua Sede Administrativa.